Você conhece o Marketing Criativo?

Você conhece o Marketing Criativo?

Existe uma máxima em marketing no Brasil que diz: “Se você não anunciar, ninguém lembrará da sua marca”. E ela está aí, até os dias hoje, sem falhar. Você não compra outros produtos ou serviços, porque simplesmente não sabe que eles existem. Estamos acostumados a acreditar que apenas certas marcas são confiáveis, pois estamos o tempo todo ouvindo algo sobre elas, seja através de anúncios, de reviews em blogs especializados, vídeos de “recebidos” e matérias na imprensa especializada. Estas empresas investem pesado para que seus produtos fiquem o tempo todo na mídia e com isso, criam um padrão de compra nos consumidores. Mas se eu não tenho milhares ou milhões de reais para divulgar minha marca, produto e serviços, como que eu posso fazer para vender mais? É aí que entra o Marketing Criativo.

marketing criativo
Photographer: William Iven | Source: Unsplash

Marketing Criativo

A Metodologia do Marketing Criativo já existe há vários anos nos Estados Unidos, e começou a chegar ao Brasil a pouco tempo. Ela se encaixa perfeitamente em cenários de crise, pois a criatividade compensa a falta de investimento em divulgação, exatamente em momentos como o que estamos vivendo agora, e por isso o grande interesse das empresas brasileiras nesta metodologia inovadora, que pode ser acessada por cursos de vendas criativas ou consultorias. Segundo uma pesquisa da Aston Business School, uma das maiores escolas de negócios da Europa, os profissionais de vendas mais criativos geram vendas mais altas do que suas contrapartes menos criativas.

Bruxa de Blair
Panfleto usados na divulgação do filme

O Case da Bruxa de Blair

Um dos cases mais famosos do mercado é do lançamento do filme A Bruxa de Blair. Com um orçamento minúsculo para divulgação, os cineastas focaram na história, não no produto. O desaparecimento misterioso dos estudantes que faziam um documentário sobre a Bruxa de Blair e o aparecimento surpreendente das fitas de vídeo encontradas na mata, se espalhou pela internet. As imagens davam pistas sobre seu destino macabro. Foram distribuídos panfletos de procura-se nas portas das escolas com um website, que quando acessado, exibia algumas cenas do filme, tudo como se fosse real. Quando o filme estreou em 1999, foi projetado em apenas 27 salas de exibição, e por isso, formavam-se filas nas portas dos cinemas. A grande procura chamou a atenção da mídia que noticiou o fato. Nas ruas, não se falava em outra coisa! Assim, uma produção de apenas 50 mil gerou 250 milhões de dólares.

Drone 3D
Photographer: Goh Rhy Yan | Source: Unsplash

Público-Alvo

Um outro case de sucesso, foi de uma startup que faz o acompanhamento de prédios em construção utilizando drones e que transforma as imagens captadas em um arquivo de visualização em 3D. De início, contrataram uma empresa de marketing digital, mas não obtiveram sucesso. O serviço prestado simplesmente não dava resultado. Era zero o retorno. Ao final, depois de contratarem um consultor especializado em marketing criativo, encontraram uma solução com o mesmo investimento, mas que seguia um caminho completamente diferente – e nada convenciona! Muitas empresas de marketing digital vendem sutiãs e foguetes da mesma forma: com anúncios no Google, Facebook e Instagram. Ao invés de contratar essa empresa de marketing ao custo de dois mil e quinhentos reais mensais, foi mais vantajoso enviar notas de cem reais para vinte e cinco donos de construtoras, acompanhado de um bilhete que dizia: “Sei que seu tempo custa caro. Estou lhe pagando para você me receber”. No final, cinco presidentes acharam a iniciativa arrojada e atenderam ao pedido para serem recebidos. Afinal de contas, você acha que algum dono de construtora passa muito tempo no Facebook?

Vendas Criativas
Vendas Criativas

Vendas Criativas e o Marketing Criativo

O Marketing Criativo foi criado como uma alternativa para alcançar objetivos que são muito difíceis de serem conquistados pelas formas tradicionais de divulgação. Dentro do Marketing Criativo, existe o que chamamos de Vendas Criativas, onde o foco é como divulgar um produto ou serviço da forma mais criativa em conjunto com o veículo de comunicação com o melhor custo benefício, e que vou explicar melhor em uma outra postagem. Os meios tradicionais de divulgação são eficazes, mas, muitas vezes, caros. Que tal fazer um teste, e gastar um pouco mais de tempo planejando uma campanha onde a criatividade é a parte mais importante da peça, ao invés do dinheiro investido? Pense nisso!

Saiba mais sobre Vendas Criativas na continuação desta postagem.

Thiago Amadigi
Thiago Amadigi
thiago@bstorytelling.com.br

Co-founder da B! e filmmaker. Star wars, vídeo game e Madonna, sempre. Tenho dificuldades para me equilibrar na cadeira do escritório. Gosto de discutir os grandes temas da vida: MasterChef, política e cinema. Nessa ordem.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!