Storytelling na comunicação interna

Quando contar a história de sua marca, tenha em mente: o seu público interno deve ser a sua primeira e mais importante audiência.

Muitas vezes esquecidos, os colaboradores internos são os reais protagonistas dentro de uma empresa. Na pressão para melhorar o negócio, o foco geralmente fica no público externo: propaganda, marketing e branded content direcionados ao consumidor. Mas afinal, o que fazer para engajar as pessoas que estão na linha de frente do negócio?

É importante dar voz aos seus consumidores, garantir o envolvimento deles com a história da sua marca. Escute-os, alcance-os e ajude-os a espalhar a sua mensagem. Uma cultura organizacional forte tem como pré-requisito uma comunicação interna de qualidade, que por sua vez garante produtividade e vantagem competitiva.

O storytelling pode ser usado para melhorar a comunicação interna de uma empresa, provocando engajamento e identificação entre os funcionários e conectando-os uns aos outros e à marca. Use por exemplo, blogs ou podcasts direcionados aos funcionários. Estamos na era da atenção, abuse do mundo audiovisual: vídeos são peças chaves na comunicação interna. Desenvolva formas inovadoras de comunicação.

A Dell, por exemplo, usa blogs e redes sociais corporativas para acostumar e animar os colaboradores sobre o uso de novas plataformas, encorajando eles a criar contas e construir voz na comunidade. Dessa forma, cada colaborador sente-se parte do todo, não de maneira passiva, mas participando na construção da história da marca.

Dê aos seus funcionários motivos para falarem da empresa, para promoverem ela dentro e fora dela. Se negócios são uma maneira de juntar pessoas engajadas pela mesma história, seus funcionários são os seus primeiros porta-vozes.

Seu público interno também é produtor de conteúdo, use isso a seu favor, aproveite os talentos dos seus colaboradores! Adoramos o exemplo dessa Agência, que botou os funcionários para dançar na mensagem de fim de ano da empresa. Nada de mensagem interna chata que ninguém lê. Tem coisa mensagem interna mais legal que vestir os funcionários de papai noel? 🙂

Adaptado do original em inglês. Publicado originalmente no Wolfgarden films

Gabriela Kinaske
Gabriela Kinaske
gabriela@bstorytelling.com.br

The relationship between people and marketing is becoming more and more multisensory. This means that the value of a brands exists and is sustained by emotional plans, coexisting with business plans and objectives. Storytelling uses emotional aspects of communication and is one of the most powerful ways to communicate a brand. Giving products and services an identity, by capturing and creating authentic stories, takes the public to an immediate connection. Knowing, understanding and reproducing the story of your brand is a strategy that follows the changes of a highly complex market.

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.