oportunidade

Seja oportunidade e não mais a isca

Comece a fisgar seu cliente pelo que importa!

Pense aqui comigo, você quer adquirir algo novo, você pesquisa, olha fotos, lê tudo a respeito, mas na sua imaginação já passa um filme de como essa nova aquisição vai resolver o seu problema, de como será maravilhoso quando sua expectativa for atendida e a sua escolha, a escolha certa!

Se ao imaginar passa um pequeno filme, quando aquilo se torna real, a sua percepção de qualidade, de algo palpável e sua segurança se fortalecem, pois você reafirma o que está sendo imaginado por você. Aí vem a outra questão: que escolhas esse filme te faz perceber como sendo a melhor opção?

Algumas, vão fazer você perder os cabelos, outras te trarão sorrisos e satisfação. Qual escolha é a que te leva ao caminho da satisfação?

É impossível dizer, mas você analisa todas as possibilidades, não é mesmo? Claro que se falando de escolhas que tenham um custo mais elevado, seja por preço ou valor, o nosso cuidado é ainda maior.

Faça escolhas que gerem expectativas

Qual é a escolha que fará maior diferença na sua vida? O que te dará mais propósito para você atender seus objetivos? Isso já gera uma ansiedade, é como quando se descobre que você vai ser papai ou mamãe e já planeja tudo, ou quando você entra em  um relacionamento e já imagina como seria o futuro com a pessoa. É normal criarmos expectativas e fazermos planos e, às vezes, até mesmo sem perceber, já criamos mil expectativas.

O interessante é quando podemos usar elas a nosso favor. Trabalhar com a nossa imaginação e até mesmo com essa ansiedade cheia de quereres, para envolver o expectador na ideia que queremos transmitir.

Vídeos e as Emoções

Os vídeos são capazes de, mais do que mostrar essas sensações, levar a pessoa àquele determinado momento e lugar, e a imaginação faz todo o resto! É possível obter um envolvimento incomparável com outros meios de comunicação quando conseguimos com todos os recursos auditivos, visuais e através de sua dinâmica, mexer com a parte sensorial do ser humano.

Todos buscamos, em algum momento, aquele sentimento de pertencimento e de compreensão do outro, alguém que compartilhe o mesmo ponto de vista. E é por isso que a percepção de um vídeo vai ser melhor ou pior, de acordo com essa identificação com a mensagem do vídeo.

Você percebe que a escolha que está fazendo é a correta, quando você identifica na mensagem situações pelas quais você viveu, conhece, ou gostaria de conhecer mas, caso isso não faça parte do seu repertório de vivências ou curiosidades, não será interessante.

Conheça o seu Público

Por isso é tão importante conhecer o seu público e, mais do que isso, identificar o que importa para ele, o que faria a mente dele viajar. E os vídeos se tornaram ainda mais essenciais, pois as pessoas em geral não leem mais tanto para ativar a imaginação. Elas recebem o conteúdo pronto.

Isso, meu caro, é uma oportunidade incrível, porque toda essa ansiedade muitas vezes é gerada até pela falta de prática em olharmos para outras possibilidades, além da que queremos. E  pode ser sanada em 30 segundos com o seu produto ou serviço!

Lógico, isso se no seu vídeo você conseguir transportar a pessoa e fazê-la ir além daquela ideia principal de aquisição de algo novo. Ela deve imaginar outras situações a partir daquele gatilho, aí sim você vai fisgá-la. E nos próximos textos vamos falar mais a respeito disso! Fique ligado aqui no Blog da B!

Abraços!

Tags:
,
Mayra Müller
Mayra Müller
mayra@bstorytelling.com.br

A Miss simpatia das Relações Públicas, é consultora de vendas e marketing; é dinâmica, se encanta com a vida e com as histórias das pessoas. Espontaneidade e seu jeito de cativar definem o seu jeito de ser. Sonha com o coração e age com determinação

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.