O verdadeiro poder do Storytelling vem da autenticidade

As histórias são autênticas experiências humanas. Histórias podem construir relacionamentos, aproximar as pessoas. Histórias nos conectam uns aos outros. Quer estejamos conscientes disso ou não, elas têm um enorme impacto sobre quem somos, a nossa forma de aprender, e como ensinamos. Uma boa história pode capturar a atenção de um público enorme e prender um ponto que você está tentando passar. Histórias saltam a tecnologia para nos levar direto ao núcleo da experiência.

Há várias razões psicológicas por que histórias são tão poderosas.

  • Os seres humanos são criaturas que constroem narrativas, por natureza. As histórias sempre foram uma forma primitiva de comunicação. Elas nos conectam a algo maior que nós e às verdades universais. Elas nos trazem de volta às antigas tradições, lendas, mitos, arquétipos e símbolos. É por isso que elas também transcendem gerações.
  • As histórias são sobre a conexão humana e de parentesco. Elas nos envolvem através de emoções, alegrias, risos, tristezas, dificuldades e paixões. Histórias nos permitem entender melhor, para encontrar a nossa comunhão com os outros e superar as diferenças, para compartilhar significado e propósito em diferentes aspectos de nossas vidas.
  • Histórias revelam nossos processos de pensamento e como damos sentido à vida. Os psicólogos usam nomes diferentes, tais como esquemas mentais, scripts, mapeamento cognitivo, modelos mentais, metáforas ou narrativas. No entanto, todos eles levam a um objetivo comum: Nós usamos histórias para explicar como as coisas funcionam, como tomamos decisões, como podemos justificar nossas decisões, como podemos convencer os outros, como entendemos e nos definimos, e como nós ensinamos valores humanos, tais como responsabilidade, compromisso, compaixão, e assim por diante.
  • As histórias podem ser terapêuticas e fornecer ordem. As pessoas procuram segurança e esta é uma verdade universal. Narrativas oferecem uma estrutura que é familiar, previsível e reconfortante. Dentro do contexto da história, podemos suportar emoções intensas, porque sabemos que a resolução segue o conflito. Narrativas podem fornecer soluções e uma rede de segurança.
  • As histórias podem ser portais que batem em nosso lado direito do cérebro para desencadear a nossa imaginação. Através da imaginação, nos tornamos participantes nas narrativas. Nós podemos sair de nós mesmos e ver as coisas de forma diferente,  aumentar a nossa empatia e compaixão pelos outros. Através da imaginação, nós podemos pensar fora da caixa e aproveitar nossa criatividade, que é a base da inovação, da autodescoberta e de mudança.

No contexto da mídia social, organizações, causas, marcas ou indivíduos, podemos identificar e desenvolver uma história central. Elas criam e exibem um autêntico sentido e propósito para que os outros possam acreditar, participar e compartilhar. Hoje há muita informação lá fora e as histórias são importantes pois podem servir como um agente de filtragem eficaz. Boas histórias terão alguém para prestar atenção, sem se preocupar com o que vem a seguir, a mudança do canal, ou virar a página.

Então, o que se torna uma boa e poderosa história? A maioria das histórias boas terá os seguintes elementos:

  • Uma mensagem clara (com tensão ou drama para evocar uma poderosa experiência emocional)
  • Uma introdução poderosa
  • Ser autêntica (referencie, não copie!)
  • Ser relevante (tenha um propósito que realmente seja significativo, o mundo está cheio de histórias chatas, rasas, desnecessárias e que amanhã não serão lembradas)
  • Pode ou pode não ter uma chamada à ação.

Adaptado do original em Inglês. Publicado originalmente no Appaddictive

Thiago Amadigi
Thiago Amadigi
thiago@bstorytelling.com.br

Co-founder da B! e filmmaker. Star wars, vídeo game e Madonna, sempre. Tenho dificuldades para me equilibrar na cadeira do escritório. Gosto de discutir os grandes temas da vida: MasterChef, política e cinema. Nessa ordem.

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.