Storytelling para bloggers

Essa semana, nosso queridíssimo Gabriel Morente lançou seu blog novo.

E como um bom Storyteller, ele fez um barulho cheio de histórias para anunciar o lançamento 🙂

“We have a secret” foi a campanha que ele escolheu para causar curiosidade nas redes sociais.

Storytelling

Sob forma de conversação, ele levou seus futuros leitores por uma experiência super bacana: Qual será esse segredo? Quem são essas pessoas? Este foi o cenário que ele armou para contar a sua história. Ainda por cima, usou as mídias sociais para alavancar o blog que nem tinha ido ao ar ainda. Multiplataforma total! Não apenas uma campanha para atrair público, como também o uso perfeito de técnicas de storytelling. Palmas, Gabs!

 

Você que é um blogger: você usa o storytelling?

Em tempos de bombardeio de informações, no fim das contas, muitos esquecem que é o storytelling que ajuda na digestão das informações. Ninguém é louco de querer ler um manual boring ou ao invés de ver um vídeo divertido de alguém ensinando algo.

Todos queremos contar para alguém nossas histórias e somos loucos também por escutá-las! Estamos sempre em busca por conteúdo de qualidade: que nos movam, inspirem e nos transformem. Somos apenas pessoas curiosas a respeito da vida de outras pessoas, afinal.

O storytelling vai muito além de um post em blog ou de uma ação pontual

Storytelling é uma forma de comunicar! Se você acha que vai encaixar o storytelling aqui ou ali, está muito enganado. O storytelling não é a mensagem final, é o meio de se chegar lá!

 

História não é artigo

Artigos podem ser mais objetivos sim, mas é muito melhor aventurar-se por uma narrativa. Ser assertivo não é necessariamente melhor: no mundo dos blogs, é cada vez mais comum os leitores revirarem os olhos para informações generalistas e impessoais, onde parece que os posts são escritos de robôs para robôs.

StorytellingOi amigo, vamos conversar?   

Você já viu alguma grande história ser objetiva? Se fosse assim, consumiríamos a sinopse dos filmes ao invés de duas horas na tela!

Para os bloggers, fica a dica:

  • Você escreve o blog para que? Para quem? Sem audiência e objetivo definidos, seu blog não vai ter foco nenhum.
  • Você deve ser capaz de explicar para qualquer um e de maneira direta e clara, o objetivo do seu blog. Experimenta contar pra sua mãe, pro vizinho, pra qualquer um. Escute os feedbacks, veja se as pessoas parariam para ler o que você tem a dizer.
  • Tire da sua cabeça a ideia de escrever artigos soltos e foque em técnicas do storytelling para engajar seus leitores. Detalhe suas experiências, seja pessoal. Acredite, você não quer ser só mais um dizendo a mesma coisa, em artigos padrão.
  • Não há nada de errado em se autopromover. Se você não conseguir fazer com que os outros comprem a sua ideia, ela não é sólida o suficiente.
  • Para de achar que você ou sua vida não são legais ou interessantes e gaste esse mesmo tempo investindo em dividir pedacinhos de você ou do seu tema preferido.
  • Sua vida é feita de histórias. Tenho certeza que você tem mais histórias na manga do que imagina: é só procurar 🙂
Gabriela Kinaske
Gabriela Kinaske
gabriela@bstorytelling.com.br

The relationship between people and marketing is becoming more and more multisensory. This means that the value of a brands exists and is sustained by emotional plans, coexisting with business plans and objectives. Storytelling uses emotional aspects of communication and is one of the most powerful ways to communicate a brand. Giving products and services an identity, by capturing and creating authentic stories, takes the public to an immediate connection. Knowing, understanding and reproducing the story of your brand is a strategy that follows the changes of a highly complex market.

1 Comment
  • Avatar
    gabrielmorente
    Posted at 17:00h, 04 fevereiro Responder

    Vocês são demais! Obrigado por sempre vibrarem comigo. <3

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.